Foto: A Reforma Tributária no E-commerce: Como se Preparar
Voltar

A Reforma Tributária no E-commerce: Como se Preparar

A Reforma Tributária, assunto que esteve na mesa de diversos governos ao longo das décadas, parece finalmente estar se encaminhando para acontecer.

Entretanto, essa perspectiva nos leva a uma pergunta crucial: como isso impactará o setor de e-commerce?

A tributação sempre desempenhou um papel central no funcionamento das empresas e, no caso do e-commerce, essa realidade se acentua ainda mais.

Quando as vendas online começam a crescer, as empresas deixam o regime simplificado para entrar no lucro real, sendo fundamental um alinhamento cuidadoso com as mudanças fiscais, benefícios e estratégias legais para garantir a competitividade em um mercado cada vez mais acirrado.

Qual é a ideia por trás?

No Brasil, nosso sistema tributário é notoriamente complexo e oneroso, sobretudo quando comparamos com outros países emergentes.

Incríveis 38% de tudo que é produzido em território nacional se transforma em imposto, uma realidade bastante evidente ao compararmos os preços de produtos importados, como iPhones, entre o Brasil e os Estados Unidos, por exemplo.

Diante desse cenário, a proposta da Reforma Tributária surge como uma promessa de simplificação.

A ideia é unificar os diversos impostos em um único: o Imposto sobre Valor Agregado (IVA).

Este seria subdividido em CBS (federal) e IBS (estadual e municipal), com o objetivo de estabelecer um teto de tributação de em média 25% sobre toda a cadeia produtiva.

Além disso, estão previstas reduções significativas em impostos para setores como transporte público, saúde, educação, produtos agropecuários, arte e cultura.


Conteúdo denso e prático no nosso canal do YOUTUBE


Entretanto, com a implementação da reforma ocorrendo a passos largos e a polarização política permeando a discussão, é fundamental questionarmos: será que essas mudanças serão realmente benéficas para nosso setor?

E os impactos no e-commerce, o que podemos esperar?

A verdade é que a Reforma Tributária certamente afetará o e-commerce, mas o tempo exato para a sua implementação ainda é uma incógnita.

Precisamos nos atentar para o aumento previsto dos impostos sobre serviços e tecnologia, além da centralização das decisões fiscais no governo federal, o que pode trazer implicações relevantes.


Siga-nos no INSTAGRAM


Nesse contexto, a participação de empreendedores e profissionais do e-commerce no debate público se torna ainda mais crucial.

Afinal, nosso papel é fundamental para a construção de uma reforma tributária que realmente beneficie o setor, favorecendo a competitividade e o crescimento sustentável.


VEJA TAMBÉM: O Oceano do e-commerce: Motivando-se Contra a Maré


Por isso, convido você a se aprofundar mais nessa discussão, assistindo ao nosso vídeo completo sobre o tema.

Aqui, discutimos em detalhe as possíveis implicações da Reforma Tributária para o e-commerce, além de compartilharmos insights valiosos para a adaptação a essa nova realidade.

Estamos no limiar de uma mudança importante no panorama tributário brasileiro. Vamos juntos, desbravar essas novas possibilidades e construir um futuro mais promissor para o e-commerce no Brasil.

 

Assista ao vídeo completo clicando no link abaixo:

 

Começa com a simplicidade de uma escolha. A força de uma decisão.

[mc4wp_form id="155"]

Você também vai gostar desses conteúdos

Quais plataformas de ecommerce usar?

Existem muitas plataformas de ecommerce por aí, os lojistas que…

Ver mais

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.